Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Agosto, 2007

1000imagens_nemtudooqueparecee_mariocastro.jpg

Anúncios

Read Full Post »

children2.jpg

Deverá ter sempre por perto os números de telefone, em caso de acidente:

  • Número Nacional de Socorro: 112
  • Centro de Informação Anti-venenos: 808250143
  • Saúde 24/Dói-doi, trim-trim:808242400
  • Farmácias de Serviço: 118 ou 12118
  • APSI: 218870161
  • SOS-Criança:80020265121793161

APSI alerta para os perigos no primeiro ano de vida das crianças


Com o intuito de sensibilizar a população para as questões da segurança dos mais pequenos de todos, as crianças com menos de um ano de vida, a APSI lançou mais uma edição do livrinho “Vale a Pena Crescer em Segurança – Evitar os Acidentes no Primeiro Ano de Vida”.

img_brochuras.gif

Esta publicação engloba mensagens diversas referentes aos perigos “escondidos” que os bebés correm nos seus primeiros 12 meses de vida, e que, na maioria das vezes, os pais desconhecem ou subvalorizam.

Este livrinho já vai na sua terceira edição, devido à grande receptividade dos anos anteriores. A primeira edição foi em 1994 e a segunda em 1999, ambas com uma tiragem de 200.000 exemplares.

  • OS PAIS PODEM PEDIR O SEU EXEMPLAR GRATUITO NA MATERNIDADE OU NO CENTRO DE SAÚDE DA SUA ÁREA

Bibliografia:

 

http://www.apsi.org.pt/
Whaley & Wong – Enfermagem Pediátrica- Elementos essenciais à Intervenção Efectiva-2004
Hockenberry &Wong – Fundamentos da Enfermagem Pediátrica – 2006

Read Full Post »

Como prevenir intoxicações?

– Manter sempre os medicamentos (remédios) e os produtos químicos (líxivias, detergentes, raticidas, pesticidas, etc.) em segurança, rotulados devidamente fechados em armários longe do olhar e do alcance das crianças;

– O mesmo procedimento se deve ter em relação aos perfumes, águas de colónia e loções para a barba porque também podem conter soluções alcoólicas e serem prejudiciais!

– Não deixar que a criança brinque com embalagens vazias de remédios ou de produtos de limpeza!

– Nunca colocar detergentes em garrafas de refrigerantes ou outras bebidas, nem colocar detergentes em caixas que sirvam para colocar alimentos (por exemplo, caixas das bolachas);

– Quando comprar produtos tóxicos e/ou corrosivos, escolher somente os que possuem tampa de segurança;

– Nunca administrar um medicamente a uma criança num lugar escuro e sem prescrição médica porque pode dar a dose errada ou administrar o medicamento errado;

– Manter sempre os medicamentos nas suas embalagens originais;

– Explicar à criança que não se deve tomar xarope (remédio) sem necessitar!

– Não dizer a uma criança que um medicamento é “doce”, senão tentará ingerir esse medicamento quando menos se espera!

– Não deixar que a criança coma bagas ou sementes de plantas desconhecidas, para isso não deve ter plantas exóticas em casa ou no jardim;

Outros cuidados não menos importantes:

– Após o uso de torneiras do gás (fogão e outros electrodomésticos) ter sempre as instalações em bom estado e com dispositivos de segurança (preferencial);

– Evitar instalações de gás na casa de banho!

 

Como prevenir acidentes de transporte?

Transporte de crianças em veículo automóvel
– Ter sempre presente que para acontecerem acidentes não é necessário circular a 120 Km/h numa auto-estrada, pois a maioria dos acidentes acontece perto de casa, a valocidades inferiores a 45 Km/h, nas viagens rotineiras para o emprego, escola, casa dos avós, supermercados e centros comerciais.

– As crianças devem ser sempre transportadas num sistema de retenção (cadeira) apropriada ao seu peso e idade, logo desde a saída da maternidade e até atingirem a idade de 12 anos (ou 1,50 m de altura ou 36 Kg de peso).

– Pelo menos, até aos 18 meses, a criança deverá viajar voltada para trás num lugar sem airbag frontal. Se o automóvel tiver airbag frontal não se pode instalar a cadeira no banco da frente.

img001.jpg

OS ERROS MAIS COMUNS QUE SE COMETEM:

No transporte dos filhos nos automóveis, os pais cometem deslizes simples que podem virar tragédias.

Da criança solta no banco, sentada no colo de um adulto à cadeirinha mal instalada, são estas as situações mais perigosas e, infelizmente, as mais encontradas nos acidentes que envolvem crianças.

Read Full Post »